Global Resources

Building on Gender, Agrobiodiversity and Local Knowledge - a Training Manual

Publisher: United Nations
Publication Date: Jan 2006
Extrait de l'introduction au manuel: PROPÓSITO DO MANUAL Este manual de formação foca especificamente as ligações entre os sistemas de conhecimento local, os papéis do género e suas relações, a conservação e gestão da agrobiodiversidade, os recursos genéticos de animais e plantas e a segurança alimentar. O objectivo da formação é fortalecer a capacidade institucional no sector agrícola e reconhecer e encorajar estas ligações nos programas e políticas relevantes. Outros manuais podem abordar estes mesmos assuntos, mas, existe uma falta óbvia de materiais de formação que contemplem todos os três tópicos. Além disso, as organizações que são parceiras locais da FAO requisitaram materiais de formação específicos que foquem estes assuntos transversais. Acreditamos, fortemente, que uma compreensão mais aprofundada dos conceitos chave e suas interligações nos irá levar a um aperfeiçoamento do planeamento e implementação de projectos. Portanto, este manual está direccionado a explorar as ligações entre a agrobiodiversidade, o género e o conhecimento local e a mostrar a sua relevância no contexto da investigação e desenvolvimento. Este manual não irá equipá-lo com as capacidades necessárias realizar uma investigação participativa ou activa ao nível do campo, nem providenciará métodos e ferramentas de pesquisa. Contudo, foi elaborado para complementar as ferramentas, métodos e abordagens dos manuais existentes, tais como o material do manual para análise sócio-económica e de género da FAO/SEAGA (www.fao.org/sd/seaga). AUDIÊNCIA ALVO Este manual é dirigido a um grupo alvo alargado. Esperamos que seja útil como um guia conceptual para formadores, como um material de recurso para participantes em cursos de formação (principalmente investigadores e extensionistas) e como material de referência para outros que trabalhem no contexto da gestão da agrobiodiversidade, género e conhecimento local. Apesar de este manual ter sido escrito para o projecto Links1 na África Oriental e Meridional, o seu conteúdo é de relevância global. ORGANIZAÇÃO DO MÓDULO O manual está dividido em cinco módulos. Cada módulo contem fichas informativas2 que abordam aspectos importantes e a interligação entre a agrobiodiversidade, o género e o conhecimento local. Estas fichas informativas incluem exemplos de pequenos casos para mostrarem na prática a relevância dos tópicos. A lógica por detrás desta estrutura é a de permitir o uso flexível do manual. Cada ficha informativa contem, no fim, uma lista dos pontos-chave para ajudar o utilizador a sintetizar a informação contida no manual. Dependendo da exigência e da necessidade dos participantes, alguns módulos podem ser acrescentados ou retirados. Um conjunto breve de linhas gerais dos cinco módulos está descrito a seguir. As páginas guia adicionais do formador (páginas com informação processual) têm o objectivo de ajudar o formador a estruturar e planear cada módulo do ponto de vista do processo de formação. Queremos encorajar os formadores a adaptarem o material de formação a cada situação única de formação e à necessidade de informação e exigências dos participantes. São dadas ideias para exercícios nas páginas com informação processual que podem ser adaptadas aos diferentes actos de formação. Os exercícios marcados com (a) são exercícios básicos que podem ser desenvolvidos se o tempo for limitado. Os exercícios marcados com (b) requerem mais tempo e podem ser adicionados se houver tempo disponível. É importante mostrar aos participantes, desde o inicio, que a abordagem da formação é baseada na partilha mútua de conhecimento e informação. Além disso, ao longo da formação o conhecimento tantode de formadores como de participantes é igualmente respeitado e valorizado. Os pontos-chave fornecidos no fim de cada ficha informativa são para ser usados como lista de controlo. Isto vai assegurar que todas as questões chave foram desenvolvidas e ajudar o formador a monitorar o processo de aprendizagem dos participantes. São sugeridas leituras chave ara cada módulo. Estas podem fazer parte dos exercícios dos alunos ou podem servir como fonte de informação adicional sobre os tópicos apresentados. MÓDULO 1 introduz os conceitos chave de agrobiodiversidade, género e conhecimento local no contexto da segurança alimentar melhorada e fornece uma visão geral dos assuntos principais. MÓDULO 2 introduz o modelo da subsistência sustentável como uma ferramenta analítica de forma a explorar as ligações entre a agrobiodiversidade, género e conhecimento local. MÓDULO 3 concentra-se nas interligações entre a agrobiodiversidade e o género. Explora a complexidade desta relação de uma perspectiva da subsistência. MÓDULO 4 analisa a relação entre a agrobiodiversidade e o conhecimento local de uma perspectiva da subsistência e explora a natureza dinâmica destas interligações. MÓDULO 5 fornece um estudo de caso que reflecte aspectos conceptuais abordados nos módulos anteriores.
What are the linkages between local knowledge systems, gender roles and relationships, the conservation and management of agrobiodiversity, plant and animal genetic resources, and food security? This training manual aims to promote a holistic understanding of these components. It is divided into five modules, the first of which introduces the key concepts of agrobiodiversity (the various biological resources that are important for food and agriculture and on which many people's food and livelihood security depends), gender and local knowledge in relation to food security and provides an overview of the main issues. The second introduces the sustainable livelihoods framework (a people-focused analysis of the management of agrobiodiversity) as a tool to explore the linkages between agrobiodiversity, gender and local knowledge. The third focuses on the linkages between agrobiodiversity and gender from a livelihoods perspective, including gendered household roles and responsibilities, and men and women's differing vulnerability to shocks. Module four analyses the relationship between agrobiodiversity and local knowledge, and the final one provides a case study reflecting the conceptual aspects covered throughout. Modules contain fact sheets which cover key aspects and linkages between agrobiodiversity, gender and local knowledge. They include short practical examples as evidence of the relevance of the topics; key points to help the reader synthesise information; and 'Process Sheets' as guides to trainers on the structure and planning of each module. For example, Module 3 on 'Gender Relations and Policies, Institutions and Processes', includes an introduction to legal instruments that regulate the management and use of agrobiodiversity (such as the Convention on Biological Diversity), provides a case study on commercial gardening in Mali, and a series of key points which include highlighting what little has been done to implement the recognition of gender differences in policies and programmes for agrobiodiversity management and conservation. The resource also includes full texts of a number of short key readings for those wanting more information.